Fotos-Videos

12/11/2005

VI Trilha e Jeep Cross - Vacaria/RS 2005

Nos dias 13, 14 e 15 de novembro de 2005, aconteceu a Trilha e Cross de Vacaria/RS. Confira o relato de Alyson Munari Damiani !

Jeep Willys - Ademar Fontana Cardoso e esposa Neli - Araranguá/SC
Jeep Willys - Jorge Freitas e Alyson Munari Damiani - Araranguá/SC
Jeep Willys - Arli Gomes e Janari Francisco da Rosa - Sombrio/SC
Jeep Willys - Sandro Gomes - Sombrio/SC
Jeep Willys - José Seno Marcio - Sombrio/SC
Suzuki Vitara - Fernando Sareto - Jacinto Machado/SC

Saímos de Araranguá/SC por volta das 19:00 hs, preocupados por subir a serra da Rocinha em Timbé do Sul/SC a noite, pois é bem mais complicado, principalmente se estivesse com neblina. Logo na saída, ligamos o GPS, para marcar todo o percurso que faríamos, ligamos para a Turma dos Caranguejos da Areia (Arli,Sandro e Janari) de Sombrio/SC, para verificar se já estavam prontos, combinamos nos encontrar em Turvo/SC e assim partiríamos para Vacaria/RS.

Quado chegamos em Turvo/SC nos desencontramos, então resolvemos seguir viagem, a serra estava com muita neblina, foi uma enorme tensão, o Ademar foi com um caminhão Volkswagen e com o Jeep na carroceria e o Jorge com uma F1000 rebocando o Jeep, os pilotos precisaram de muita atenção e cautela, pois a serra é bem perigosa, com muitas pedras soltas, e curvas bem fechadas.

Na subida encontramos um caminhão com a traseira na vala do acostamento, e basta um deslize e a viagem ganha algumas horas a mais, o Jorge numa subida pegou muita pedra solta e a caminhonete levantou muita poeira, mas como diz o ditado dos jeepeiros "na dúvida a gente acelera", a caminhonete deu conta do recado, mas deu aquele "frio na barriga", fora isto o resto da subida foi tranqüila.

Chegamos a São José dos Ausentes, e paramos para dar uma esticada nas perdas e tomar uma "água", logo em seguida continuamos a viagem, a estrada ficou pior ainda, são muitas pedras soltas, pedras de pico, e assim foi até a entrada de Bom Jesus, aproximadamente 75 km de pedra e poeira.

Em Bom Jesus os celulares voltaram a funcionar, sendo assim conseguimos localizar a turma dos Caranguejos da Areia que estavam jantando no X do Elizeu, fomos até lá onde jantamos com eles, o bar depois das 22:00 tinha uma atitude meia suspeita, mas ninguém entendeu o porque... A porta ficava trancada a chave, e não nos venderam mais vender cerveja! Foi muito curioso, mas como estávamos só de passagem não nos importamos. Seguimos agora com um veículo a mais no nosso pequeno comboio em direção a Vacaria, era um caminhão Volkswagen com dois Jeep Willys na carroceria, de Bom Jesus até Vacaria foi só alegria, pois o asfalto é uma maravilha e a estrada é bem tranqüila.

Chegamos à Vacaria/RS eram 1:30hs da manhã, onde fomos recebidos pelo Jeep Clube local, representado pelo amigo Noronha, que nos acompanhou até o acampamento com seu candango branco (tem foto dele no site), como tínhamos reserva no Hotel Pampa no centro da cidade, apenas deixamos os caminhões no acampamento e nos dirigimos para o hotel.

O Hotel era muito bom, mas levantamos cedo, pois era dia de trilha, tomamos um bom café da manhã e seguimos para local onde seria a saída do evento, o número de inscritos já era grande, nossa inscrição foi a de número 52, mas na largada tinham mais de 120 jeeps, a inscrição era R$ 50,00 (Com direito a troféu, camiseta, boné, um vale janta, frutas e salgadinhos).

O quinto membro finalmente apareceu, Fernando Saretto, tiramos algumas fotos, trocamos algumas idéias, regulamos o ponto da distribuição dos jeeps, pois eles sentiram a diferença na altitude. O horário de chegada estava previsto para as 19h00min, e assim foi dada a largada para mais uma aventura 4x4, passamos por belas paisagens, muitos campos de maçãs, por uma pedreira, e como o Jorge dizia "o tamaguche ta ligado ainda...", (apelido que ele deu pro GPS), tudo foi registrado.

A trilha era sem dúvida muito boa, com muitos obstáculos, rios, atoleiro fortes. Tivemos apenas dois problemas mecânicos um no Jeep do Jorge mais nada que um furo na tampa do tanque de combustível resolvesse o problema, (tinha faltado um respiro), e no Jeep do Sandro que quebrou o cardã traseiro, ele tinha um reserva foi só o Janari botar a mão e já estava trocado pronto pra outro atolador. O almoço foi no meio da trilha, nada de especial, apenas um pão com lingüiça, nada muito demorado, afinal as melhores partes da trilha foram na parte da tarde.

Vale aqui ressaltar a boa organização do Jeep Clube local, pois em cada atoleiro tinha um componente do clube pronto pra ajudar os que não conseguissem ultrapassar os obstáculos, sempre preocupados com os participantes, os apoios mecânicos estavam presentes para resolver os problemas, realmente a organização, a parceria e o comprometimento dos associados do Jeep Clube é de dar inveja.

Terminamos a trilha as 19h30min, e fomos direto para o hotel, tomamos um bom banho e nos dirigimos para a sede do Clube do Motorista, onde era o acampamento, lá foi servido um delicioso churrasco, voltamos para o hotel por volta das 11h00min pra descansar pois ninguém é de "ferro".

Na manhã de domingo estava previsto o inicio do Jeep Cross, tomamos café, fizemos as malas e nos despedimos do Hotel Pampa, fomos para o acampamento onde colocamos os Jeeps em cima dos caminhões, enquanto isso o evento acontecia.

Já no Jeep Cross observamos uma pista muito boa, rápida e com um campo de visão muito bom para o público, encontramos uma turma de Turvo (Fabio Menegaro e Ciro Scarabelot) e o Nazareno (Jacinto Machado) que correu na Gaiola Cross.

Almoçamos, batemos um bom papo com os amigos Silvio e Noronha. Fomos para o Jeep Cross, onde ficamos até as 15h30min, e assim encerramos mais uma aventura 4x4 na cidade de Vacaria/RS, o Noronha mais uma vez gentilmente nos acompanha até a saída de Vacaria, nos despedimos e seguimos viagem de volta. Nada como descer a Serra durante o dia, o visual é muito bonito e bem mais seguro, chegamos em Turvo para tomar a cerveja da despedida, e já eram 21h30min, nos despedimos e seguimos nossos caminhos para Araranguá, Sombrio e Jacinto Machado.

Parabéns ao Serra Jeep Clube Vacaria/RS, pelo ótimo evento realizado, sem dúvida alguma voltaremos em 2006.

Um forte Abraço 4x4 aos amigos de Vacaria/RS de:
Alyson, Arli, Fernando, Janari, Jorge, Sandro, Seno Marcio.

Fonte: Alyson Munari Damiani
Cidade: Vacaria-RS-Brasil

Copyright © PuraLama - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por:
Zaib Tecnologia